Suplementação energética, protéica ou múltipla para ovinos alimentados com forragem tropical de baixa qualidade

  • D. M. G. Carvalho UFMT
  • M. C. L. Portella Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT
  • L. T. Menezes Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT
  • J. Rufino Junior Instituto Federal Goiano, Montes Belos, GO
  • C. A. S. Braga Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT
  • L. Terres Nutrideal Nutrição Animal, Cuiabá, MT
  • J. Q. Soares Instituto Federal Goiano, Montes Belos, GO
Palavras-chave: Consumo, digestibilidade, excreção fecal, forragem, suplementos

Resumo

Objetivou-se avaliar suplementação energética, protéica, múltipla ou mineral sobre parâmetros digestivos e de consumo em ovinos alimentados com forragem tropical de baixa qualidade. O experimento teve duração de 56 dias, divididos em quatro períodos de 14 dias. Utilizaram-se quatro borregas, com seis meses de idade e peso corporal inicial médio de 20 kg. Os animais foram distribuídos em quatro baias individuais providas de cochos e bebedouros em delineamento quadrado latino 4 x 4. Foi utilizada como forragem a Urochloa brizantha cv. marandu in natura. Amostras de sobras e da forragem fornecida foram coletadas no 12º, 13º e 14º dias. No 13º e 14º dia de cada período experimental foi realizada a coleta total de fezes (48 horas). Os valores de proteína bruta da dieta consumida e excreção fecal respectivamente foram de: 4,78; 5,19; 7,18 e 8,44% e 0,326; 0,315; 0,317 e 0,356 g/dia para os suplementos mineral, energético múltiplo e proteico respectivamente. O suplemento protéico propicia um incremento ao nitrogênio da dieta, aumento da excreção fecal com possíveis efeitos sob as taxas de digestão e passagem da digesta pelo trato digestório.

Referências

ALLEN, M.S. Physical constraints on voluntary intake of forages by ruminants. Journal of Animal Science, v.74, p.3063-3075, 1996. https://doi.org/10.2527/1996.74123063x

ARAÚJO, L. M.; ALVES, D. D.; PORTO, E. M. V.; SOARES, F. D. S.; SIMÕES, D. A.; SILVA, M. V. L.; SILVA, M. F.; DAVID, A. M. S. S. Desempenho produtivo e comportamento ingestivo de ovinos submetidos a diferentes estratégias de suplementação. Revista Academia Ciências Agrárias Ambientais, Curitiba, v. 10, p. 137-146, 2012. https://doi.org/10.7213/academica.7690

CARVALHO, D. M. G.; CABRAL, L. S.; ZERVOUDAKIS, J. T.; ARNOLDO, T. L. Q.; BENATTI, J. M. B.; KOSCHECK, J. F. W.; PIONA, M. N. M.; OLIVEIRA, A. A. Suplementos para ovinos mantidos em pastos de capim-marandu. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.46, p.196-204, 2011. https://doi.org/10.1590/s0100-204x2011000200012

CARVALHO, D.M.G.; SILVA, J.J.; BRAGA, C.A.S.; CARVALHO, A.R.; TERRES, L.; SOARES, J.Q. Suplementos para produção e terminação de ovinos em pastejo. In: RODRIGUES, R.C.; JESUS, A.P.R. (Org.) Sistemas integrados e agricultura familiar Terezina, PI: Ed. Halley S/A gráfica e editora, 2017. p.161-196.

COSTA, V.A.C.; DETMANN, E.; VALADARES FILHO, S.C.; PAULINO, M.F.; HENRIQUES, L.T.; MANTOVANI, H.C. Degradação in vitro da fibra em detergente neutro de forragem tropical de baixa qualidade em função de suplementação com proteína e/ou carboidratos. Revista Brasileira de Zootecnia, v.37, p.494-503, 2008. https://doi.org/10.1590/s1516-35982008000300015

ECHEVERRIA, J. R.; EUCLIDES, V. P. B.; SBRISSIA, A. F.; MONTAGNER, D. B.; BARBOSA, R. A.; NANTES, N. N. Acúmulo de forragem e valor nutritivo do híbrido de Urochloa 'BRS RB331 Ipyporã' sob pastejo intermitente Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.51, p.880-889, 2016. https://doi.org/10.1590/s0100-204x2016000700011

HALL, M.B. Calculation of non-structural carbohydrate content of feeds that contain non protein nitrogen. Gainesville: University of Florida, 2000. (Bulletin 339).

LAZZARINI, I.; DETMANN, E.; SAMPAIO, C.B.; PAULINO, M.F.; VALADARES FILHO, S.C.; SOUZA, M.A.; OLIVEIRA, F.A. Dinâmicas de trânsito e degradação da fibra em detergente neutro em bovinos alimentados com forragem tropical de baixa qualidade e compostos nitrogenados. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v.61, p.635-647, 2009. https://doi.org/10.1590/s0102-09352009000300017

MINSON, D.R. Regulation of forage intake. In: FAHEY JUNIOR, G.C. Forage quality, evaluation, and utilization. Madison: American Society of Agronomy, 1994. p.450-493.

MIRANDA, L.; CABRAL, L.S.; CARVALHO, D.M.G.; ABREU, J.G.A.; RODRIGUES, R.C.; SOUZA, A.L.; DETMANN, E.; PAULA, N.F.; BEHLING NETO, A; LIMA,L.R. Bio-economic assessment of sheep supplementation in marandu palisadegrass pastures. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 38, p. 521-532, 2017. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2017v38n1p521

RIBEIRO, P.P.; CABRAL, L.S.; ZERVOUDAKIS, J.T.; MIRANDA, L.; ABREU, J. G.; RODRIGUES, R.C.; MORENZ, M.J.F.; OLIVEIRA, I.S.; TOLEDO, C.L.B. Porcentagem de proteína em suplementos para ovinos mantidos em pasto de capim-aruana na época seca. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v.66, p.1779-1786, 2014. https://doi.org/10.1590/1678-5357

SILVA, D.J.; QUEIROZ, A.C. Análise de alimentos: métodos químicos e biológicos. 3.ed. Viçosa, MG: Universidade Federal de Viçosa, 2002. 165p.

SILVA,T.E.; DETMANN, E.;PALMA, M. N. N.; AMORIM, L. F. C.; VALADARES FILHO, S. C. Desenvolvimento de modelo para predição da fração digestível da fibra em detergente neutro para bovinos em condições tropicais. Revista Brasileira de Biometria, Lavras, v.36, p.289-315, 2018. https://doi.org/10.28951/rbb.v36i2.183

SAS Institute Inc. SAS OnlineDoc. Versão 8. Cary, NC: SAS Institute Inc., 2000.

SOUZA, M.A.; DETMANN, E.; PAULINO, M.F.; SAMPAIO, C.B.; LAZZARINI, I.; VALADARES FILHO, S.C. Intake, digestibility and rumen dynamics of neutral detergent fibre in cattle fed low‑quality tropical forage and supplemented with nitrogen and/or starch. Tropical Animal Health and Production, v.42, p.1299‑1310, 2010. https://doi.org/10.1007/s11250-010-9566-6

SNIFFEN, C. J.; O'CONNOR, J. D.; VAN SOEST, P. J.; FOX, D. G.; RUSSELL, J. B. A net carbohydrate and system for evaluating cattle diets: II. Carbohydrate and protein availability. Journal of Animal Science, v.70, p.3562-3577, 1992. https://doi.org/10.2527/1992.70113562x

VAN SOEST, P. J. Nutritional ecology of the ruminant. 2 ed. Ithaca: Cornell University, 1994. 476p.

VIEIRA, R.A.M.; TEDESCHI, L.O.; CANNAS, A. A generalized compartmental model to estimate the fibre mass in the ruminoreticulum: 1. Estimating parameters of digestion. Journal of Theoretical Biology, v.255, p.345–356, 2008. https://doi.org/10.1016/j.jtbi.2008.08.014

VIEIRA, R.A.M.; TEDESCHI, L.O.; CANNAS, A. A generalized compartmental model to estimate the fibre mass in the ruminoreticulum: 2. Integrating digestion and passage. Journal of Theoretical Biology, v.255, p.357–368, 2008a. https://doi.org/10.1016/j.jtbi.2008.08.013

ZERVOUDAKIS, J.T.; PAULINO, M.F.; CABRAL, L.S.; DETMANN, E.; VALADARES FILHO, S.C.; MORAES, E.H.B.K. Parâmetros nutricionais de novilhos sob suplementação em sistema de autocontrole de consumo no período de transição águas-seca. Revista Brasileira de Zootecnia, v.39, p.2753‑2762, 2010. https://doi.org/10.1590/s1516-35982010001200028

Publicado
10-10-2019
Como Citar
Carvalho, D., Portella, M., Menezes, L., Rufino Junior, J., Braga, C., Terres, L., & Soares, J. (2019). Suplementação energética, protéica ou múltipla para ovinos alimentados com forragem tropical de baixa qualidade. Boletim De Indústria Animal, 76. https://doi.org/10.17523/bia.2019.v76.e1448
Seção
FORRAGICULTURA E PASTAGENS