NOTÍCIAS


16/03/2021

Pesquisador do IZ abre parceria à campanha da 'Corrida da Bovinocultura Leiteira' para a Resiliência Climática

Pesquisador Ambrósio desenvolve modelos computacionais para aprofundar no entendimento das mudanças climáticas e da resiliência dos sistemas de produção

Todo o planeta está de olho nos distúrbios que as mudanças climáticas vêm causando sobre recursos naturais, economia, humanos e na produção agropecuária. Com esse cenário em mente, Luís Alberto Ambrósio, pesquisador do Instituto de Zootecnia (IZ-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, desenvolve modelos computacionais para aprofundar no entendimento das mudanças climáticas e da resiliência dos sistemas de produção para ajudar a promover pró-ativamente ações empreendedoras climáticas com relevantes benefícios ambientais, sociais e econômicos para a pecuária.

“As conclusões dos trabalhos de modelagem estabelecem linhas estratégias para o setor agropecuário. Os modelos de simulação podem ser utilizados em todas as pesquisas e desenvolvimento de inovações que envolvem animais, já que animal e suas fontes de alimento [pastagem e grãos] são dependentes do clima, assim como a propagação de doenças, reprodução, oferta de água, práticas de manejo, bem-estar animal  e até o próprio consumo da pecuária”, detalha Ambrósio.

Ambrósio enfatiza que todos os projetos atuais devem englobar questionamentos, como “Se o aumento da temperatura for de 1,5 ou 2 ou 3 graus [considerando as projeções do INPE para cada região] a tecnologia funcionará? Ou seja, será Resiliente? Quem pagará os custos e as perdas da pecuária devido às mudanças climáticas? E a modelagem computacional ajuda a responder estas questões.” Institucionalmente, este entendimento pode contribuir para estabelecer pesquisas e ações, diretamente com os produtores, afirma.

Com início da campanha ‘Race to Resilience’ das Nações Unidas lançada na Cúpula de Adaptação Climática, em janeiro de 2021, Ambrósio criou o grupo ‘Corrida da Bovinocultura Leiteira para a Resiliência Climática’, que busca discutir, organizar e executar ações que ampliem a capacidade do sistema de produção de leite em se antecipar, preparar respostas e se recuperar dos distúrbios das mudanças climáticas. A abordagem da resiliência da bovinocultura leiteira às mudanças climáticas, por exemplo, atende várias áreas estratégicas da Pasta.

Dentre os sistemas alimentares a produção de leite corre os mais altos riscos de sofrer distúrbios das mudanças climáticas por ser atividade integrada com a natureza [água, solo, clima e biodiversidade]; por envolver animais de produção que têm o direito ao bem-estar nos estados dos cinco domínios [Nutrição, Saúde, Comportamento, Ambiente e Estado Mental] e que dependem de alimentos como pastagens, forrageiras, grãos, e da circularidade de subprodutos agroindustriais [farelos, bagaços]; por ser fonte de trabalho e renda familiar para milhões de pequenos produtores; e, finalmente, por ser alimento básico na estrutura nutricional humana, em particular crianças e idosos.

“Assumimos o objetivo da campanha ‘Race to Resilience’ até 2030, para catalisar ações que construam a resiliência das pessoas, animais e natureza dos sistemas de pecuária leiteira vulneráveis aos riscos dos distúrbios climáticos”, ressalta Ambrósio.

Na campanha Corrida da Bovinocultura Leiteira para Resiliência Climática, segundo Ambrósio, "criaremos parcerias para iniciativas que apoiam as ações de construção de resiliência aos distúrbios das mudanças climáticas".

Compartilhe seu interesse e apoio à iniciativa no Grupo Resiliência Climática da Bovinocultura Leiteira.


O Dia Nacional da Conscientização sobre Mudanças Climáticas 

Comemorado em 16 de março com o objetivo de promover o debate e o incentivo às medidas de proteção dos ecossistemas brasileiros. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo reúne algumas iniciativas e tecnologias que visam diminuir o impacto ambiental e a emissão de gases. 

Veja a matéria completa - Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP destaca iniciativas em atenção às mudanças climáticas


Lisley Silvério (MTb. 26.194)
Assessora de Imprensa - Instituto de Zootecnia
Secretaria de Agricultura e Abastecimento
Governo do Estado de São Paulo
Fone: +55 (19) 3476-0841 | Cel: +55 (19) 99631-9271

lsilverio@sp.gov.br
www.iz.sp.gov.br   | www.agricultura.sp.gov.br

 


Veja todas as notícias



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir