NOTÍCIAS


24/04/2009

Instituto de Zootecnia expõe na Agrishow 2009

O produtor encontrará amostras de leguminosas e plantas forrageiras e exposição de ovinos

 

De 27 de abril a 2 de maio, o Instituto de Zootecnia (IZ-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo,  estará presente no estande da Secretaria, expondo seus produtos e serviços na 16ª edição da Agrishow - Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, em Ribeirão Preto (SP).

 

O criador pode visitar o módulo de ovinos e conhecer as tecnologias aplicadas no Sistema IZ de Produção de Ovinos a pasto rotacionado com capim Aruana.

 

No estande, o produtor também poderá ver amostras de plantas leguminosas forrageiras – Guatá, Yarana, Calopogônio, Centrosema e feijão Guandu –, e o capim Aruana.  Além de amostras com a consorciação das leguminosas com o Aruana.

 

Ovinos - O módulo em exposição envolve dois piquetes com animais das raças Morada Nova e Texel.

 

O manejo de pastagem de Aruana em sistema rotacionado, desenvolvido pelo IZ, possibilita o aumento da produtividade da forrageira e diminui a infestação de larvas de helmintos parasitos. Este sistema permite lotação média anual entre 30 a 40 ovelhas adultas por hectare. A raça Morada Nova apresenta rusticidade e prolificidade, e a Texel tem melhor conformação e rendimento de carcaça.

 

Gramíneas e leguminosas forrageiras trabalhadas pelo IZ em exposição na Agrishow

 

Gramíneas – O Panicum maximum cv. Aruana foi lançado pelo Instituto de Zootecnia, em 1989 sob o número IZ-5, como uma opção para formação de pastagens. O mesmo é uma gramínea cespitosa de porte médio (atinge até 90 cm de altura) apresentando grande quantidade de colmos finos. É um cultivar que consorcia-se bem com as leguminosas soja-perene, macrotiloma e estilosantes. Produz bastante sementes, dessa forma sua propagação é fácil, rápida e de menor custo.

 

Leguminosas Forrageiras – O Macrotyloma axillare cv. Guatá ou IZ-4 é uma planta oriunda da África tropical, sendo introduzida no Instituto de Zootecnia, em 1971. É uma planta herbácea, perene, trepadora e volúvel. O Guatá possui um excelente estabelecimento e persistência sob pastejo, excelente e rápido desenvolvimento vegetativo, ótima rebrota principalmente após geada, boa consorciação com capins de hábitos entoucerados, bom valor nutritivo e boa produção e disseminação natural por sementes.

 

A Galactia striata cv. Yarana ou IZ-3 é uma planta nativa do Brasil, sendo introduzida no Instituto de Zootecnia, em 1978. É uma planta semi-arbustiva, com ramos terminais volúveis, perenes, com raízes bastante desenvolvidas, folhas trifolioladas com diâmetro foliar, tanto na largura como no comprimento, maior que o cultivar comum. A mesma apresenta excelente vigor, ótimo desenvolvimento vegetativo, boa persistência sob pastejo, excelente estacionalidade de produção.

 

O Calopogonium mucunoides é uma planta nativa da América do Sul Tropical. É uma leguminosa vigorosa, trepadora e volúvel. È adaptada a condições tropicais úmidas e quentes. Consorcia-se bem com capins cespitosos.

 

A Centrosema pubescens é uma leguminosa de origem tropical, perene e herbácea. É uma planta recomendada para locais onde a precipitação anual é de 900 a 1.000 mm ou mais e a temperatura média anual entre 20 e 30oC. Consorcia-se bem com capins cespitosos.

 

O Cajanus cajan (nome comum: Feijão-Guandú) é oriunda da África Tropical Ocidental. É uma planta que pode ser utilizada para corte ou em consorciação com vários capins.

 

 

Serviço:

Evento: Agrishow 2009 (Feira Internacional da Tecnologia Agrícola em Ação)

Estande da Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Data: 27 de abril a 2 de maio de 2009

Local: APTA Pólo Centro-Leste - Rod. Antonio Duarte Nogueira, Km 321 - Ribeirão Preto – SP

Site: www.agrishow.com.br

 

Assessora de Comunicação Institucional - IZ

LISLEY SILVÉRIO - Jornalista resp.

Fone: (19) 3466.9434 Fax: 3466.9413

E-mail: imprensa@iz.sp.gov.br  | lisley@iz.sp.gov.br 

www.iz.sp.gov.br  

Veja todas as notícias



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir