#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul


NOTÍCIAS


19/05/2010

IZ realizou “Seminário Passado, Presente, Futuro: Valorização da História do IZ na RMC” e marca presença na tvb (18/05/2010)

Ontem, 18 de maio de 2010, o Instituto de Zootecnia (IZ/APTA-SAA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo apresentou o Seminário Passado, Presente, Futuro: Valorização da História do IZ na RMC”.

 

O seminário reuniu cerca de cinquenta pessoas no auditório do IZ que prestigiaram as palestras durante todo o dia.

 

A programação contou com a abertura da coordenadora do projeto MIZ – Museu do IZ,  Drª Daina Gutmanis, que deu as boas vindas aos participantes e agradeceu aos patrocinadores, à Direção da Instituição e a toda equipe envolvida: Gunta Gutmanis, Paulo Bardauil Alcântara, Valdinei Tadeu Paulino, José Evandro de Moraes, Beatriz Augusta C. da Cruz, Tatiana Massako Kawakami, Verônica Ozolin e Eneida de Oliveira Benelli.

Foi apresentado o vídeo Institucional do IZ para que os participantes tivessem uma visão das ações desenvolvidas na casa além do vídeo da Wolf Seeds que apoiou o evento junto com o CNPq através do Fórum Campinas.


Dando início às palestras, Antonio Carlos Angolini,
historiador da Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi,  sediada em Santa Bárbara d'Oeste, falou sobre os projetos que vem desenvolvendo, a importância de se preservar os arquivos históricos e o quanto é imprescindível deixar todo material a disposição da população. Angolini também ressaltou a necessidade da criação de espaços temáticos, bibliotecas e salas para oficinas como apresenta o CEDOC. “Um museu não deve ser estático, tem que ser dinâmico” conclui o historiador. Contou sobre suas experiências e a dedicação que toda pessoa que se propõe a recuperar materiais históricos tem que possuir para que o trabalho seja pleno, “ninguém ama o que não conhece, e arquivo é algo que se documenta e tem que ser com seriedade”. O historiador conclui falando sobre como foi o processo de montagem do acervo da Fundação Romi que contém a história de Santa Bárbara D´Oeste, da memória urbana e da Fundação Romi com mais de 50 anos. “O foco é sempre ser melhor, nossa meta é a perfeição”.

Às 11h00 o Professor Dr.  Roberto de Andrade Martins, do Instituto de Física da Unicamp, falou sobre arquivos científicos, focando a preservação da documentação do processo de fazer ciência, e que esta documentação  deve ser armazenada de forma adequada para que a história “não se perca”. Martins ressaltou que “quando falamos de memória científica pensamos nos grandes cientistas do passado” e que a estratégia utilizada por ele é conscientizar os estudantes, orientadores e pesquisadores a iniciarem a preservação de alguns documentos já no início de suas carreiras, entretanto, para que o processo obtenha êxito é necessário ter apoio da direção da entidade, investimento em infra-estrutura mínima e contratação de equipe especializada.



Após o almoço, Drª. Daina Gutmanis,  Pesquisadora do IZ e coordenadora do projeto, falou sobre o acervo que o IZ possui como fotos, equipamentos científicos e objetos diversos, além das informações armazenadas com pesquisadores que marcaram a história da zootecnia no Brasil e no mundo, e o quanto esse fator é importante no resgate da memória por meio de entrevistas. Outros tópicos que foram apresentados pela pesquisadora foram: objetivos do projeto museu IZ, sua importância, a preservação de objetos e fotos que já está sendo realizada; falou ainda sobre a parceria com arquitetos e especialistas na área, além de apresentar o possível local para a futura instalação do museu.


Logo em seguida a historiadora Drª Sonia Maria de Freitas, da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, ex-funcionária do Memorial do Imigrante, contou sobre suas experiências no resgate da história oral envolvendo a metodologia de pesquisa que ela utiliza, o roteiro de trabalho e a importância dos equipamentos técnicos para a boa produção de material histórico. Dividiu a recuperação do material histórico oral em três partes: tradição oral, história de vida (quem é o sujeito que foi entrevistado) e a história temática.

O seminário também contou com a participação da museóloga Drª. Cecília Machado, coordenadora do SISEM - Sistema Estadual de Museus, da Secretaria de Cultura do Estado de SP. Ela contou um pouco sobre o histórico da
realidade museológica brasileira, que mudou radicalmente nos últimos 20 anos, e as novas perspectivas de ações que passaram a exigir reformulações nas Leis e Decretos existentes nessa área. “

Com a criação do IBRAM/IPHAN, do Sistema Brasileiro de Museus e da Política Nacional de Museus a forma de articulação das instituições passou a ser de vital importância nos estados da nação“ afirmou Machado. A museóloga também falou sobre a reestruturação do SISEM-SP - Sistema Estadual de Museus de São Paulo, a articulação regional e atuação descentralizada dos pólos regionais, as ações dos grupos técnicos, as metodologias envolvidas no processo e, por fim, apresentou dados do relatório SISEM 2009 e 2010.


O “Seminário
Passado, Presente, Futuro: Valorização da História do IZ na RMC” terminou às 17h00 com muito debate e interesse em marcar um próximo encontro.

 

Não perca a transmissão de alguns momentos do Seminário e entrevista com a coordenadora do Museu IZ na tvb às 11h00 e às 19h00.

A reportagem também poderá ser conferida no site da emissora:

http://www.tvb.com.br/

 

Acompanhe a Secretaria:

www.agricultura.sp.gov.br
www.agriculturasp.blogspot.com
www.twitter.com/agriculturasp
www.flickr.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp
www.facebook.com
www.delicious.com/agriculturasp
www.orkut.com/agriculturasp

 

 

 

Veja todas as notícias



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir