NOTÍCIAS


05/05/2001

IZ está na Agrishow Pastagem e Fenação

O Instituto de Zootecnia (IZ), da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), órgão da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (SAA), estará até dia 5 de maio, na oitava edição da Agrishow (Feira Internacional de tecnologia em Ação), participando da 2ª Feira Internacional de Tecnologia aplicada à Nutrição e Manejo Animal. A Feira conta com 450 expositores e espera cerca de 135 mil visitantes, que terão a oportunidade de conhecer as novas tecnologias na área de máquinas, insumos e técnicas de produção, genética e reprodução animal.

O Instituto que participou da estreia no ano passado da 1ª Agrishow Pastagem e Fenação, levando ao produtor tecnologias do segmento, este ano está com estande expondo suas tecnologias geradas na área. Uma das novidades é a exposição de ovinos no campo. O sistema desenvolvido possibilita o abate super precoce do cordeiro em 50 dias, além de isentar o animal do uso de medicamentos –vacinas e anti-helmínticos.

Pesquisadores e técnicos de plantão, no estande, estão atendendo os visitantes, apresentando os resultados de pesquisa desenvolvidos em todo Estado de São Paulo nas áreas de nutrição e alimentação animal, forragens e pastagens, ambiência e manejo, melhoramento genético e reprodução.

O Instituto desenvolve atividades com bovinos de corte e bovinos de leite, vitelo, bubalinos, ovinos, caprinos, equídeos, suínos, avestruz, bicho-da-seda, abelhas, e plantas forrageiras.

Os Núcleos Regionais do IZ -atendendo todo Estado-, somam 12 unidades experimentais: Núcleo de Pesquisa Zootécnica Nordeste (Ribeirão Preto e Sertãozinho), Núcleo de Pesquisa Zootécnica "Geraldo José Rodrigues Alchmin" (Pindamonhangaba), Planalto Central (Nova Odessa, Brotas e Gália), Noroeste (São José do Rio Preto, Colina e Andradina), Sudoeste (Itapetininga, Itapeva e Registro).

Ovinocultura

Com um mercado em expansão, a procura dos produtores por informações sobre ovinocultura cresce cada vez mais e vem recebendo total incentivo da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA). Diante dessa situação o Instituto de Zootecnia (IZ), através do Centro de Etologia Ambiência e Manejo apresenta na Feira o sistema de produção de ovinos desenvolvido no próprio IZ, para obtenção do cordeiro para abate super precoce. São abordados os aspectos do desempenho animal, do manejo sanitário, alimentação e manejo dos animais.

Produtores e futuros investidores buscam no IZ informações sobre esta tecnologia gerada pela Instituição. A atividade tornou-se uma alternativa a mais ao pequeno e médio produtor paulista.

Os visitantes têm a oportunidade de obter informações sobre instalações, estruturas de cerca e equipamentos, além de visitar o plantel de animais selecionados das raças Santa Inês, Ile de France, Suffolk e Poll Dorset e os cordeiros cruzados.

Após a Feira, mais informações poderão ser obtidas na sede do IZ em Nova Odessa, através dos pesquisadores Luiz Eduardo dos Santos, Eduardo Antônio da Cunha e Mauro Sartori Bueno, no Centro de Etologia, Ambiência e Manejo (CEAM). Informações pelo telefone (19)466-9400 ou pelo email ceam@izsp.br

Feap

O Projeto de Ovinocultura do Programa de Desenvolvimento Regional prevê recursos do Fundo de Expansão Agropecuária e da Pesca – FEAP para melhoria de infra-estrutura e aquisição de matrizes para carne ou lã, avaliadas e inspecionadas zootécnica e sanitariamente com a colaboração de associações, como a Aspaco (Associação Paulista dos Criadores de Ovinos) e vistoriadas pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária. Incentivando os produtores rurais, preferencialmente os mini, pequenos e médios produtores.

O Programa procura promover a melhoria genética dos rebanhos ovinos com a introdução de matrizes que atendam as condições sanitárias e zootécnicas estabelecidas pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA), melhorar a qualidade de ovinos para abate no Estado de São Paulo. Além de elevar a produtividade e a renda agrícola dos ovinocultores.

Os beneficiados são os pequenos e médios produtores que disponham do total de até 500 cabeças de ovinos. O projeto técnico será elaborado por Técnicos da SAA, através da CATI da região solicitada. Eles estarão despachando uma Declaração de Aptidão que identificará os beneficiários com o direito a pleitear o financiamento.

Cada produtor poderá emprestar até R$ 15 mil, com juros de apenas 4% ao ano. O prazo para quitação é de três anos, incluindo um de carência. Sendo que 80% do valor deverá ser destinado a compra de matrizes comerciais e 20% para melhorar a infra-estrutura de produção de carne ovina.

Todo o estado de São Paulo já está sendo beneficiado pela linha de crédito do FEAP, com exceção do litoral e Vale do Ribeira, devido ao clima inadequado a criação de ovinos.

Veja todas as notícias



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir