NOTÍCIAS


26/05/2014

Sertãozinho (SP) - IZ realiza 2º Workshop sobre Prova de Ganho de Peso (PGP)

Com ampla experiência na realização em Prova de Ganho de Peso, o Instituto de Zootecnia (IZ/APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, realizará o “II Workshop sobre Prova de Ganho de Peso”, dia 6 de junho, às 8 horas, no Centro Avançado de Pesquisa em Bovinos de Corte em Sertãozinho (SP).

Durante a manhã estão previstas as palestras sobre Situação atual das Provas de Desempenho com a pesquisadora Maria Eugênia Z. Mercadante - Centro Pesquisa em Bovinos de Corte do IZ; Histórico das Provas de Ganho de Peso da ABCZ com o professor Luiz Antônio Josakian da Associação Brasileira dos Criares de Zebu de Uberaba (MG); Alternativas para análise de dados de Provas de Ganho de Peso com Fábio Luiz Buranelo Toral da Universidade Federal de Minas Gerais de Belo Horizonte (MG).

No período da tarde, os temas serão sobre Testes de desempenho da CRVLagoa com Roberto Carvalheiro da Universidade Estadual Paulista de Jaboticabal (SP); Inclusão das Provas de Ganho de Peso em um programa de melhoramento genético aplicado com Eduardo Penteado Cardoso da CIPEC Agropecuária - Fazenda Mundo Novo de Uberaba (MG); Relato sobre as avaliações da UFU e ANCP em provas de desempenho individual: desafios e perspectivas com Carina Ubirajara da Universidade Federal de Uberlândia de Uberlândia (MG).
 
De acordo com a coordenadora do Workshop, pesquisadora Joslaine Gonçalves Cyrillo, as Provas de Ganho de Peso são instrumentos auxiliares importantes em sistemas de avaliações genéticas, sobretudo em populações pequenas e que não possuem boa conectabilidade genética em seus bancos de dados, aplica-se, inclusive, a populações que fazem uso de touros múltiplos por não utilizar informações de genealogia e, principalmente, permite a avaliação precoce dos progenitores e consequente diminuição do intervalo de gerações.
 
IZ Sertãozinho PGP PGP - A Prova em Ganho de Peso de Sertãozinho (PGP) é um teste de desempenho individual em que os animais são avaliados por meio do índice (IPGP) que considera o ganho médio diário em confinamento e o peso final padronizado aos 378 dias de idade.

O teste de desempenho individual, realizado pelo Instituto de Zootecnia há 64 anos, é utilizado como fonte de informação para a identificação e seleção de bovinos geneticamente superiores para as características peso e ganho de peso no período pós-desmame (entre 7 e 13 meses de idade).

Como esses atributos apresentam herdabilidade média, os animais que se destacam nas provas são considerados melhoradores de plantéis, podendo transmitir parte dessa superioridade à sua progênie. A prova é, basicamente, um confinamento de animais recém-desmamados, que são mantidos em condições uniformes de manejo e alimentação.

O Instituto de Zootecnia possui ampla experiência na realização deste tipo de teste e, tradicionalmente, fornece ao mercado animais geneticamente melhorados para característica de crescimento.

Os testes de desempenho individual ou provas de ganho em peso (PGP) foram introduzidos no Brasil em 1951. Atualmente, diversos grupos de criadores e pesquisadores realizam provas de ganho de peso, tanto no Brasil como em outros países como o Canadá, África do Sul, França e EUA.  

Lisley Silvério (MTb 26.194)
Jornalista – Assessora de Imprensa
Diretoria Técnica de Departamento
Instituto de Zootecnia
Secretaria de Agricultura e Abastecimento SP

Fone: (19) 3466.9434
E-mail: lisley@iz.sp.gov.br
www.iz.sp.gov.br

Redes sociais
:
www.facebook.com.br/institutodezootecnia
www.twitter.com/iz_sp_gov_br

Instituto de Zootecnia (IZ/APTA/SAA-SP)
Rua Heitor Penteado, 56, Centro, Nova Odessa (SP)
CP 60 | CEP 13460-000

Acompanhe a Secretaria:
www.agricultura.sp.gov.br
www.twitter.com/agriculturasp
www.flickr.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp

 

Veja todas as notícias



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir