Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 32 - Número: 1 - Pg: 29-36 - Ano: 1975


Autores
E. L. Caielli.


Engorda de novilhos com cana-de-açucar, Capim-Elefante Napier e concentrados.
Resumo

Cinqüenta novilhos mestiços da raça Gir, castrados, de aproximadamente 2 e 1/2 anos, foram usados num delineamento em blocos ao acaso com 5 repetições e 5 tratamentos. Os 5 tratamentos estavam assim constituídos: A, B, C, D e E. Cada animal recebia por dia 3 kg de concentrado, representado por 1 kg de farelo de semente de algodão, extração não especificada, e 2 kg de milho, semente, moída e volumoso em A; a cana-de-açcar, parte aérea inteira, picada à vontade, em B; o capim-elefante Napier maduro picado, à vontade e em C, partes iguais dos 2 volumosos acima. O tratamento D igual ao C acrescido de 1 kg de mandioca, parte aérea, pontas, fenada, moída. O E era igual ao D acrescido de mais 2 kg de milho, semente, moída. O ensaio teve duração de 112 dias. Os animais tinham livre acesso a um cocho coberto com suplemento mineral completo. Antes de iniciar o experimento os animais foram dosificados com Thibenzole. Os ganhos de peso diário, por tratamento e por animal foram os seguintes: A — 0,610 kg; B — 0,640 kg; C — 0,658 kg; D — 0,726 kg e E — 0,807 kg. O consumo diário de matéria seca estimado, por animal, por tratamento foi: A — 6,78 kg; B — 6,91 kg; C — 7,09 kg; D — 7,37 kg e E — 8,19 kg. Devido às diferenças de ingestão, foi feita uma análise de covariância entre ganho de peso e consumo. Não foi possível detectar qualquer efeito de aumento de consumo no aumento de ganho. Pode-se concluir que qualquer diferença entre tratamentos foi devida à diferença de valor nutritivo entre as rações. Efetuada a análise de variância do ganho de peso, foi encontrada uma diferença signif icativa para tratamentos ao nível de 1% em C e D. O tratamento E foi diferente do B ao nível de 5% e do A ao nível de 1%. Não houve diferença entre D e E.


Fattening steers with sugar cane, Napier grass and concentrates.
Abstract

Fifty 2-1/2 years old steers predominantly Gim, Bos indicus breed, averaging 305 kg, were randomized in pairs. The trial had 5 treatments with 10 animals on each. Treatments were: (A) sugar cane ad libitum + 1 kg CSM + 2 kg gr.comn; (B) napier grass ad libitum + 1 kg CSM + 2 kg gr.corn; (C) sugar cane and napier grass ad libitum + 1 kg CSM + 2 kg gr. com; (D) sugar cane and napier grass ad libitum + + 1 kg CSM + 1 kg cassava tops hay + 2 kg gr.corn and (E) sugar cane and napier grass ad libitum + 1 kg CSM + 1 kg cassava tops hay + 4 kg gr. com. The trial were 112 days long. The steers had mineral salts free choice. ADG per animal per treatment were: (A) 610; (B) 640; (C) 652; (D) 726 and (E) 807. Estimated daily consumption of forage and concentrate per animal per treatment were: (A) 4.10 kg and 2.68; (B) 4.23 and 2.68 kg; (C) 4.41 (2.16 + + 2.25) and 2.68 kg; (D) 3.85 (2.03 + 1.82) and 3.52 kg and (E) 3.38 (1.89 + 1.49) and 4.31. Covariance analyse was calculated and adjusted gain were compared by the Tukey test. Treatment A, B, C differed from D and E at (P < .01) and (P < .05) respectively. Dry matter consumption per 100 kg of BW, per treatment were respectively: 2.0, 2.0, 2.1, 2.1 and 2.3 kg. Feed (DM) per kg gain were: 11, 10.8. 10.8 and 10.2.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir