#novembroazuloficial            #novembroazul

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 46 - Número: 2 - Pg: 241-247 - Ano: 1989


Autores
R. H. Alvarez, T. A. M. G. de Castro, G. M. B. Ambrosiano


Controle da atividade biológica do PMSG para fins de superovulação de vacas doadoras de embriões
Resumo

Trinta e quatro vacas holandesas distribuídas em duas propriedades leiteiras foram superovuladas, entre o oitavo e o décimo segundo dias do ciclo estral, com 2500 UI de PMSG (Gonadotrofina sérica de égua prenhe) (n = 21) ou com 32 mg de FSH-P (Hormônio folículo estimuíante-hipofisiário) (n = 13) ministrado em doses decrescentes. Quarenta e oito horas após, aplicou-se uma injeção luteolítica de cloprostenol. A inseminação artificial (IA) foi realizada no início e no final do cio. No momento da primeira IA, dez dos animais superovulados com PMSG receberam 2 ml de anti-soro anti-PMSG ovino. A resposta ovariana foi avaliada no sétimo dia após a IA considerando a presença de corpos lúteos, folículos e o número e qualidade de embriões recuperados após lavagem dos cornos uterinos. Não foi encontrada diferença significativa entre tratamentos para as variáveis número de corpos lúteos, número de folículos e número de embriões recuperados. A porcentagem de embriões viáveis do tratamento anti-PMSG (68,9%) foi semelhante à do tratamento FSH-P (81,5%) e maior (P < 0,05) que do tratamento sem anti-PMSG (24,6%).


The control of biological activity of PMFSG in superovulated embryo donors cows
Abstract

Thirty four Friesian cows located in two properties were superovulated between 8 and 12 days after the oestrus by injecting 2500 UI of PMSG (Pregnant Mare Serum Gonadotrophin) (n = 21) or 32 mg FSH-P (Folicle Stimulant Hormone Pituitary) (n = 13) in decreasing doses. Fourty eight hours later a luteolitic injection of cloprostenol was given. The cows were inseminated by artificial insemination (AI) at the begining and at the end of the oestrus. At the time of the first AI, ten cows treated with PMSG were given 2 ml anti-PMSG ovine antiserum. The ovarian response was evaluated day 7 (day Ø = AI) by counting the number of corpora lutea, follicles and the number and quality of the embryos collected nonsurgically. It was not observed significant difference in the number of corpora lutea, follicles and in the number of embryos, but the percentage of transferable embryos was similar for the anti-PMSG (68,9%) and FSH-P (81.5%) treatments, both greater (P<0.05) than the treatment without the anti-PMSG (24,6).


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir