#novembroazuloficial            #novembroazul

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 41 - Número: único - Pg: 25-33 - Ano: 1984


Autores
A. G. Razzok, J. B. de F. Trovo, L. J. Pacola, J. do Nascimento, A. A. D. de Oliveira, I. U. Parcker, R. H. Reichert, M. Procknor


Novas provas de ganho de peso de Sertãozinho. II. Influências de meio e herança de na seleção de um rebanho de bovinos Nelore
Resumo

No presente estudo foram avaliados os efeitos de ano de realização (1979—1981), mês de nascimento (agosto—outubro) e touro (vinte utilizados nos três anos) nas seguintes características, coletadas nas novas provas de ganho de peso de Sertãozinho, com 245 machos nelores nascidos e criados no próprio local: peso inicial (PV), peso inicial corrigido à idade de 210 dias (P210), ganho em 14 dias em pasto (GE14), ganho no período de adaptação ao confinamento de 56 dias (GA56), ganho em 112 dias de confinamento (G112), ganho total em confinamento (Gl68), peso final corrigido para 392 dias e peso final real (PPF). O efeito de ano mostrou-se significativo em todas as características, exceção feita a P210. O mês de nascimento dos animais foi somente significativo em PV, GA56, G168 e PPF. O fator touro mostrou ser uma importante fonte de variação nas características G112, G168, P392 e PPF (P <0,01). Estimativas de herdabilidade obtidas através de meios-irmãos paternos foram:PV 0,10 ±0,14;P210= 0,11 ±0,14;GE14= 0,01 ±0,12;GA56= 0,14±0,1 5; G112 0,54 ± 0,24; G168 = 0,31 ± 0,19; P392 = 0,44 ± 0,22 e PPF = 0,42 ±0,22. Os resultados encontrados mostraram haver na população nelore testada uma variância genética aditiva passível de ser explorada nas características de crescimento obtidas, principalmente após o período de adaptação e que viabiliza assim a seleção individual com base nessas características, a fim de promover o seu melhoramento genético.


The new performance test at Sertãozinho, State of São Paulo, Brazil, II. Environmental.The population considered in this study was 245 nelore bulls reared and tested in the new performance test at the Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho
Abstract

The population considered in this study was 245 nelore bulls reared and tested in the new performance test at the Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho, State of São Paulo, Brazil. The analyses included the effects of year of test (1979—1981), month of birth (August—October) and sire (20). The growth characteristics were initial weight (PV), initial weight corrected for age (P210), gain on pasture in 14 days (GE14), gain in the adaptation period (GA56), gain in 112 days of test (G112), total gain in feedlot (G168). corrected final weight for age (P392), actual final weight (PPF) Year was a significant source of variation for all the characteristics but P210. The month of birth of the bulls were only significant for PV, GA56, G168 and PPF. Sire effect was a very important factor of variation on G112, G168, P392 and PPF (P <0.01). Heritability estimates, obtained by paternal halfsib correlations were: PV = 0.10 ± 0.14; P210 = 0.11 ± 0.14; GE14 = 0.01 ± 0.12; GA56= 0.14 ± 0.15; G112 = 0.54 ± 0.24; G168 = 0.31 ± 0.19; P302=0.44 ±0.22 and PPF=0.42 ± 0.22. The results showed that there was considerable variation due to additive gene effects in that nelore population. That variation could be exploited especially after the adaptation period by selecting the best individuals for those characteristics.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir