#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul


NOTÍCIAS


12/06/2017

Simpósio em Ribeirão Preto reúne técnicos, pesquisadores e criadores para discutir tecnologias de melhoramento animal


Arnaldo Jardim abriu o Simpósio nesta segunda-feira

Abordagens tecnológicas sobre melhoramento animal são o foco da programação do "XII Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal", realizado nos dias 12 e 13 de junho, em Ribeirão Preto, com organização do Instituto de Zootecnia (IZ), da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Na abertura do evento, nesta segunda-feira, 12, o secretário Arnaldo Jardim destacou a importância da tecnologia para uma pecuária mais sustentável e produtiva.

O principal objetivo do Simpósio é proporcionar a interatividade para sanar dúvidas e iniciar interações científicas e comerciais entre os pesquisadores, criadores, técnicos e empresas, em assuntos atuais na área de melhoramento animal. Até a terça-feira, 13, serão abordados temas como fenotipagem em bovinos e suínos, qualidade do leite e balanço energético de vacas leiteiras, transcriptômica e epigenômica, eficiência alimentar e mitigação das emissões de metano e biologia de sistemas.

O Simpósio abre a possibilidade de divulgar o trabalho institucional, além de expandir a experiência e as parcerias com outros grupos de pesquisa brasileiros e do exterior. Agências de fomento como a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) prestigiam o evento, além de 13 empresas privadas que são patrocinadoras. Os inscritos são provenientes de 59 instituições públicas e privadas do Brasil, sendo três do exterior.

O secretário Arnaldo Jardim destacou a relevante participação nesta edição do evento, com 196 trabalhos submetidos e 250 inscritos para os dois dias. “Temos certeza de que a qualidade desse encontro é garantida”, apontou, lembrando que “o Brasil já é hoje o quarto maior exportador mundial de proteína de suínos, o segundo maior exportador mundial de proteína da avicultura e o primeiro em exportação mundial da proteína da bovinocultura”.

Arnaldo Jardim:  o Brasil tem um grande ciclo pela frente

Arnaldo Jardim: o Brasil tem um grande ciclo pela frente

Para Arnaldo Jardim, “o Brasil tem um grande ciclo pela frente para se consolidar como o maior exportador de proteína animal do mundo”. Para isso, conta principalmente com tecnologias que elevam a produtividade pecuária sem aumentar a área de produção, fazendo uma agropecuária sustentável, uma das principais orientações do governador Geraldo Alckmin para a Secretaria de Agricultura.

Essa inclusão de novas tecnologias - utilizadas no mundo para a mensuração dos chamados novos fenótipos (ou novas características), ligados à eficiência alimentar, qualidade da carne e do leite, e emissão de metano – devem manter a produção animal brasileira num patamar de igualdade com os demais países.

No campo da genômica, a adoção de técnicas de genotipagem, em larga escala, é realidade no mundo e deve baratear e acelerar o processo de identificação e seleção de animais superiores, que proporcionará ganhos muito maiores para os criadores. “Estes eventos são uma forma que temos de transferir conhecimento e, mais que tudo, discutir novas tecnologias que temos para melhorar ainda mais o trabalho que nós fazemos, em especial no caso do IZ na área de melhoramento animal”, disse Orlando Melo de Castro, coordenador da Apta.

O IZ é uma instituição que já vem executando projetos de melhoramento animal na prática e tem grande conhecimento de alguns dos assuntos ligados ao tema do evento, como no caso de fenótipos ligados à eficiência alimentar. No campo da genômica, o IZ já vem contribuindo com os produtores, fornecendo animais melhoradores para os seus rebanhos há décadas.

“Entendemos que não existe caminho para a melhoria da pecuária sustentável se não trabalharmos com todas essas ferramentas que estão em nossas mãos”, destacou Renata Branco Arnandes, diretora do IZ. “Hoje em dia é inegável a importância do melhoramento genético junto à cadeia produtiva”, ratificou Lenira El Faro Zadra, pesquisadora do IZ e presidente da Sociedade Brasileira de Melhoramento Animal (SBMA).

Mais informações e inscrições no site www.sbmaonline.org.br/sbma2017 ou pelo telefone (16) 99127-4562. O evento está sendo realizado no Centro de Convenções Cana do Instituto Agronômico (IAC): Rodovia Antonio Duarte Nogueira, km 321, Anel Viário Contorno Sul - Ribeirão Preto – SP.

Por Hélio Filho 
Fotos Lisley Silvério

Assessora de Imprensa
Instituto de Zootecnia
Secretaria de Agricultura e Abastecimento SP
Fone: (19) 3476-0841
E-mail: lisley@iz.sp.gov.br
www.iz.sp.gov.br

Veja todas as notícias



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir