PUBLICAÇÕES >> Dissertações de Mestrado
Análise microbiológica da qualidade de água para consumo animal

Autores
Angela Daniela Pertile Dozzo

Resumo

RESUMO:

A água destinada ao consumo seja humano seja para animais de produção deve atender a requisitos mínimos de qualidade, de forma a garantir o consumo ideal, sem prejuízos à saúde devido a má qualidade que pode ser por contaminação microbiológica ou química. Este trabalho teve como objetivos avaliar a qualidade microbiológica da água oferecida no Instituto de Zootecnia (IZ), com foco na água destinada aos animais de produção. Três áreas foram delimitadas para coleta de 25 amostras de água: área do Maracanã, destinada a engorda e recria de gado bovino; área sede do IZ e Área de Preservação Ambiental Armelindo Nindo Budini, denominada Manancial, passando pelo Bosque Isidoro Bordon. Nestas amostras foram obtidos parâmetros de pH da água, coliformes totais e fecais e contagem de bactérias heterotróficas, usando os meios R2A e TSA. O pH mostrou-se dentro dos parâmetros indicados para consumo. A presença de coliformes totais foi verificada nos dois pontos de amostragem do Lago e num piquete da área do Maracanã. Na sede do IZ, foram observados coliformes totais no Bosque Isidoro Bordon, no córrego Planalto, que sai do Bosque em direção ao IZ e, na área do córrego que atravessa o IZ , como também no lago próximo à hospedaria. Não houve presença de coliformes nas amostras oriundas do Manancial. Destas áreas com coliformes totais, duas apresentaram coliformes fecais: a borda do lago no Maracanã e o córrego Planalto, dentro do IZ. De todos os 25 locais de coleta, 28 % tiveram a presença de Coliformes totais e 8 % de Coliformes Fecais, utilizando o Kit Colitest, como metodologia. Na contagem de bactérias heterotróficas, 68 % das amostras mostraram números superiores aos indicados pela CETESB para consumo animal, usando o meio R2A e 32 % usando o meio TSA. Comparando-se as contagens de bactérias heterotróficas em ambos os meios, o meio R2A apresentou contagem superior em 293% aos resultados obtidos com meio TSA, mostrando que meios ricos em nutrientes podem mascarar a variedade microbiológica presente em alguns ecossistemas. O meio R2A, pobre em nutrientes, se assemelha muito ao sistema natural da água, sendo assim mais indicado para esta finalidade. Baseado neste estudo, medidas de manutenção periódica de bebedouros e preservação dos pontos de coleta de água dentro do IZ devem ser revistos de forma a garantir água de qualidade aos animais de produção.


Palavras-chave: água, bactérias heterotróficas, coliformes, consumo animal.

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir