PUBLICAÇÕES >> Dissertações de Mestrado
Estudo de características de carcaça, obtidas por ultrassom, em bovinos Nelore selecionados para peso

Autores
Tiago Roque Pinheiro

Resumo

RESUMO: 

Os objetivos do presente trabalho foram estimar os coeficientes de repetibilidade, herdabilidade e correlações genéticas e fenotípicas entre características de carcaça avaliadas por ultrassom ao ano e sobreano, e outras características de importância econômica utilizadas como critérios de seleção em bovinos de corte, além de estimar a mudança genética nas características de carcaça avaliadas, advinda da seleção para peso. Foram realizadas cinco análises. Para a primeira e segunda análise as características avaliadas por ultrassonografia foram: área do músculo Longissimus (AOL) e as espessuras de gordura subcutânea do lombo (EGL) e da garupa (EGG), coletadas em machos e fêmeas, dos 10 aos 26 meses de idade. Os componentes de variância foram estimados por meio de análises univariadas, pelo método da máxima verossimilhança restrita - REML, sob modelo animal, utilizando-se o programa computacional ASREML. O arquivo de dados completo foi composto por 3.077 registros de 1.172 animais, nascidos de 2003 a 2008. A primeira análise incluiu todos os registros de AOL, EGL e EGG, de 10 a 26 meses de idade, com medidas repetidas. Para a segunda análise, foram considerados dois períodos (11 a 17 e 18 a 24 meses de idade), também com medidas repetidas. Na terceira foram analisadas somente as características de carcaça medidas por ultrassonografia em duas idades, ano e sobreano. Na quarta foram analisadas as características de carcaça obtidas aos 12 meses de idade e os pesos à seleção, altura e condição corporal de machos e fêmeas. Na quinta foram analisadas as características de carcaça obtidas aos 18 meses de idade com os pesos à seleção, altura e condição corporal de machos e fêmeas. Análises multicaracterísticas foram realizadas pelo método da máxima verossimilhança restrita, sob modelo animal, utilizando o aplicativo WOMBAT. Para ilustrar o efeito da seleção direta para crescimento sobre as características de carcaça, médias ajustadas destas, por linha de seleção, Nelore Controle, Seleção e Tradicional, foram estimadas utilizando registros dos animais nascidos nos últimos três anos (2006 a 2008). As estimativas de repetibilidade foram moderadas variando de 0,42 a 0,73. Entre as três características analisadas, a AOL apresentou maior valor de repetibilidade, tanto na primeira (0,70) quanto na segunda análise (0,73), sugerindo que a AOL tem maior precisão que as medidas de espessura de gordura. Machos apresentaram maiores médias de AOL nas duas idades (ano e sobreano) e de EGL e EGG somente ao ano. As estimativas de herdabilidade foram altas para AOL ao ano e sobreano, 0,47 e 0,40, respectivamente. Para as espessuras de gordura, as herdabilidades foram de 0,37 e 0,29. As correlações genéticas entre as mesmas características nas duas idades foram altas (0,95) para AOL. Animais Nelore apresentam considerável variabilidade genética para as características de carcaça avaliadas, ao ano e ao sobreano, e maior resposta é esperada se a seleção para o aumento da espessura de gordura subcutânea for realizada próxima aos 12 meses de idade. A seleção para maior peso corporal leva ao aumento da AOL, nas duas idades, sem diminuir a espessura de gordura subcutânea.


Palavras–chave: área do músculo Longissimus, correlação genética, espessura de gordura subcutânea, repetibilidade, resposta correlacionada.

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir