#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul

PUBLICAÇÕES >> Dissertações de Mestrado
Substituição total de leite em pó por soja micronizada e enzima na desmama precoce de leitões

Autores
Lauro Lucchesi

Resumo

RESUMO

Substituição total da proteína láctea por proteína vegetal na desmama de

leitões. No aspecto sustentabilidade o modelo de suinocultura praticado nos

dias de hoje apresenta-se como um problema para o meio ambiente. Uma

necessidade para resolver este problema é criar novas tecnologias, ou adaptar

as já existentes, para introdução nos criatórios de suínos do país. Para isso um

experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o uso da proteína vegetal,

com ou sem auxilio de enzima exógena, em substituição a proteína láctea em

dietas para leitões na fase de creche. Foram utilizados 36 leitões machos, de

linhagem comercial e desmamados aos 21 dias de idade. O delineamento

utilizado foi em blocos ao acaso, de acordo com o peso, sendo os animais

distribuídos em três tratamentos com doze repetições, onde cada baia com um

animal foi uma unidade experimental. Os tratamentos foram LP – leite em pó

como principal fonte proteica como dieta controle, SM – soja micronizada

substituindo 100% do leite em pó, e SME – soja micronizada com adição da

enzima _-mananase. As dietas foram iso-proteicas e iso-energéticas divididas

em três fases: fase 01 de zero a 14 dias do período experimental, fase 02 de

14 a 28 dias do período experimental, e fase 03 de 28 a 42 dias do período

experimental. A inclusão de leite em pó e soja micronizada foi de 30,0%,

15,0%, e 5,0% respectivamente para as fases 01, 02 e 03 nos tratamentos LP,

SM, e SME. No tratamento SME adicionou-se 400 mg de _-mananase por quilo

de ração. Os resultados foram analisados pelo teste de Tukey considerando-se

diferenças significativas no nível de 5,0% pelo programa SAS. Avaliou-se o

consumo diário de ração – CDR, ganho de peso diário – GPD, e a conversão

alimentar – CA. Também foi comparada a eficiência econômica de cada

tratamento. Na fase 01, SM diferiu significativamente de SME para CDR, LP

diferiu significativamente de SM para GDR e CA. Na fase 02 houve diferença

significativa entre LP e os demais tratamentos para GPD. Na fase 03 não

houve diferença significativa entre os tratamentos. Quando avaliou-se todos os

parâmetros de zero a 42 dias o GDP foi maior e significativo para LP e SME

quando comparado a SM, e a CA foi menor e significativa para LP quando

comparada a SM e SME. Na avaliação econômica a substituição de LP por SM

e SME apresentou uma redução de custo de até 23,20%. Concluímos que é

viável a substituição de leite em pó por soja micronizada em pó.

Palavras chave: suíno, enzima, _-mananase, leite em pó, soja micronizada.

 

ABSTRACT

Total replacement of milk protein by vegetable protein in weaned piglets.

In the aspect sustainability pig model practiced today presented as a problem

for the environment. A need to solve this problem is to create new technologies

or adapt existing ones to introduce pig farms in the country. An experiment was

conducted to evaluate the use of vegetable protein, with or without the aid of

exogenous enzyme, replacing milk protein in diets for piglets in the nursery

phase. The study included 36 male pigs from commercial line and weaned at 21

days of age. The experimental design was randomized blocks, according to the

weight, the animals were divided into three groups with twelve repetitions,

where each stall with an animal was an experimental unit. Treatments LP - milk

powder as the main protein source such as diet control, SM - replacing 100%

micronized soybean milk powder, and EMS - micronized soybeans with added

enzyme _-mannanase. Diets were iso-protein and iso-energetic divided into

three phases: phase zero of 01 to 14 days of the trial period, phase 02, 14 to 28

days of the trial period, and phase 03, 28 to 42 days of trial period. The

inclusion of soy milk powder and micronized was 30.0%, 15.0% and 5.0%

respectively for the layers 01, 02 and 03 treatments LP, MS and EMS. In EMS

treatment were added 400 mg of _-mannanase per kilogram of feed. The

results were analyzed by Tukey's test considering differences in level of 5.0%

by SAS. We evaluated the daily feed intake - CDR, daily weight gain - ADG,

and feed - CA. Also the economic efficiency was compared for each treatment.

In step 01, SM differed significantly from SME to CDR, LP differed significantly

from SM for GDR and CA. In stage 02 significant difference between LP and

other treatments for GPD. At stage 03 there was no significant difference

between treatments. When we evaluated all parameters from zero to 42 days

the GDP was higher and significant for LP and SME compared to SM, and CA

was a significantly lower when compared to LP MS and EMS. In economic

evaluation replacing LP by SM and EMS showed a cost reduction of up to

23.20%. We conclude that is viable replacement for soybean milk powder

micronised powder.

Keywords: swine, enzyme, _-mannanase, milk powder, soybean micronized

 

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir