#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul

PUBLICAÇÕES >> Dissertações de Mestrado
Adição de sucos de frutas e beterraba no diluente de sêmen criopreservado de ovino

Autores
Alexandre da Rocha Bozzi

Resumo

O espermatozoide é uma célula de alta produção energética e de respiração aeróbica. Em condições fisiológicas a fosforilação oxidativa libera espécies reativas do metabolismo do oxigênio (ERMO) que podem ser lesivos a moléculas e células. A extrusão do citoplasma do espermatozoide durante o processo de maturação torna-o ineficaz contra os processos oxidativos, uma vez que o pouco citoplasma não é capaz de comportar a quantidade necessária de antioxidantes. O processo de criopreservação é de grande importância para a pecuária uma vez que permite a otimização do uso de reprodutores e a avaliação e seleção genética de forma eficaz. Porém o processo expõe o espermatozoide ao estresse térmico e causa lesões em membranas biológicas e organelas, além de aumentar consideravelmente a produção de ERMO. O presente estudo foi realizado com o intuito de mensurar os efeitos da adição de suco de abacaxi, laranja e beterraba no diluente de sêmen ovino criopreservado, em diferentes concentrações e combinações. Foram realizadas cinco colheitas do sêmen de cinco machos e após avaliação primária e execução do pool com intuito de reduzir as características individuais de cada macho, o sêmen foi dividido nos seguintes tratamentos: abacaxi (A) a 10 e 15%, laranja (L) a 10 e 15%, beterraba (B) a 10 e 15%, abacaxi + laranja (A + L) a 10 e 15%, abacaxi + beterraba (A + B) a 10 e 15%, beterraba + laranja (B + L) a 10 e 15%, abacaxi + beterraba + laranja (A + B + L) a 10 e 15% e por fim o grupo controle adicionados ao meio de congelação BotuBov®. O suco de beterraba a 10% apresentou maiores valores (p<0,05) que os demais em motilidade progressiva e foi superior (p<0,05) em motilidade total não diferindo (p>0,05) dos grupos controle, beterraba 15% e beterraba e laranja 10% em motilidade total. Além disso, o tratamento com a beterraba a 10% mostrou maiores valores em hiperativação espermática (p<0,05) se comparado aos demais. O suco de beterraba mostrou-se capaz de manter os espermatozoides vivos em maior quantidade que o grupo controle, além de manter padrões aceitáveis de qualidade no sêmen.

Palavra-chave: antioxidante, espermatozoide, diluente de sêmen, congelação.

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir