#novembroazuloficial            #novembroazul

PUBLICAÇÕES >> Relatórios Anuais
Relatório Anual 2018

Autores
Diretores dos Centros de Pesquisa e Assessoria da Diretoria Geral

Resumo

No dia 15 de julho de 2018, o Instituto de Zootecnia (IZ/APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo (SAA), comemorou 113 anos, desenvolvendo pesquisas científicas nas áreas de pecuária de corte, leite, zootecnia diversificada, forragicultura e pastagens e genética e reprodução animal, promovendo desta forma avanço científico e tecnológico para uma maior produtividade e qualidade dessas cadeias produtivas e seus derivados. O IZ também oferece o programa de Pós-Graduação em Produção Animal Sustentável, em nível de Mestrado, desde o ano de 2012.

O Instituto de Zootecnia está sediado no município de Nova Odessa, Unidade esta que compreende os Centros de Pesquisa de Bovinos de Leite, de Nutrição Animal e Pastagens, de Genética e Reprodução Animal e de Zootecnia Diversificada, com o Centro Avançado de Pesquisa de Bovinos de Corte situado na Unidade de Sertãozinho (SP). No corrente ano foram incorporadas ao Centro de Pesquisa de Zootecnia Diversificada a Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento Registro, Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Tanquinho (Piracicaba), a Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Itapeva e, passou a integrar a estrutura do Centro Avançado de Pesquisa de Bovinos de Corte a Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de São José do Rio Preto. Decreto nº 63.279, de 19 de março de 2018. Todas as Unidades contemplam  infraestrutura para o desenvolvimento de pesquisa científica, também em parcerias com instituições públicas e privadas, além da prestação de serviços e capacitação de recursos humanos.

Recentemente, na construção do Plano de Desenvolvimento Institucional em Pesquisa (PDIP/IZ), três áreas estratégicas foram priorizadas: Produção Sustentável de Carne, Produção Sustentável de Leite e Sistemas Integrados de Produção Agropecuário, áreas estratégicas estas que estão alinhadas com a missão institucional, com os programas estratégicos da SAA e com as políticas públicas do Estado de São Paulo. Neste contexto o IZ mantém seu compromisso com a Sustentabilidade e Inovação na Produção Animal.

Durante sua atuação, o IZ desenvolveu pesquisas científicas e o curso da evolução dessas pesquisas foi marcado pelo estudo pioneiro e fomento de inúmeras tecnologias, destacando a primeira prova de ganho de peso de bovinos de corte; primeira seleção do gado Caracu; a introdução no Estado de São Paulo de raças europeias leiteiras especializadas; seleção de raças indianas, como o Gir leiteiro e os cruzamentos entre zebuínos e taurinos para obtenção de raças mais rústicas e produtivas; inseminação artificial em bovinos sob melhoramento genético; introdução do controle leiteiro no Estado de São Paulo; implantação do programa de melhoramento genético de animais da raça Nelore; implementação da seleção para consumo Alimentar Residual (CAR) de bovinos da raça Nelore; e primeiro centro de pesquisa a implantar um sistema de alimentação automática (Growsafe). Pode-se também destacar o suporte às cadeias produtivas de ovinocultura com o divulgação do Sistema Intensivo de Produção  e a Produção de Cordeiros Superprecoces para abate e avaliação pioneira de CAR para ovinos. As tecnologias de manejo de pastagens e lançamento de cultivares de leguminosas e gramíneas forrageiras, como o do capim Aruana, fomentam o aumento da produtividade animal em sistemas pastoris. Atualmente as pesquisas nas áreas de avicultura, suinocultura e bubalinocultura também foram incorporadas à Instituição e buscam atender às necessidades dos produtores paulistas por novas tecnologias.

O IZ interage significativamente com os arranjos produtivos locais, seja em nível de empresa ou de produtores rurais. Destacam-se, projetos conjuntos com empresas de inseminação artificial, de produção de sementes, de medicamentos veterinários, de produção de insumos, assessoria a pequenos produtores rurais, cursos práticos e dias de campo, comercialização de sêmen e embriões de animais oriundos do Programa de Melhoramento Genético do IZ.

O IZ desenvolve projetos de pesquisa de relevância não somente para o Estado de São Paulo, como para o País – muito do material genético animal e de plantas forrageiras, utilizados nacionalmente, foram resultados das pesquisas realizadas no Instituto, mantendo o Banco Ativo de Germoplasma de plantas forrageiras (BAG), sendo o único em diversidade de espécies forrageiras tropicais da América Latina. Os projetos de pesquisas do IZ atendem as demandas da sociedade e a Programas de Governo do Estado de São Paulo, visando o desenvolvimento do Agronegócio Paulista, como incremento da competitividade das Cadeias de Proteína Animal; estímulo à Expansão de Agronegócios Especiais; e desenvolvimento do Agronegócio Familiar.

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir